Black Tapes


A seção mais nobre do site, seja lá o que for que isso signifique. Partes e vídeos que sejam especiais por algum motivo entram aqui.

20.09.2017 Maykison Vincent – Child

A Child, marca importantíssima dos anos 90, está de pé novamente e distribuindo pancadas a rodo. Nesse vídeo, temos a honra de apresentar, junto com a marca da bonequinha mais famosa do skate brasileiro, o cabreiríssimo Maykison Vincent que, junto com Felipe Félix e Neverton Casella, faz parte do renovado time da marca. Segura!

 

Share

24.07.2017 RoB3RL4N3 V1D4 L0K4

Direto de Manaus, novamente apresentamos o mais recente trampo da Costume, do nosso mano Adonis Perfeito! RoB3RL4N3 V1D4 L0K4 mostra a cena local dos caras da região. Caso você esteja se perguntando, o nome vem de uma brincadeira com a junção dos nomes, prática comum no norte do Brasil. Skate do bom.

 

Share

26.06.2017 Jr. Pig – BCN Dayz

Local das Águas Espraiadas, saudoso Pântano, em São Paulo, Jr. Pig tem um dos estilos mais bonitos do Brasil. Passando uma longa temporada em Barcelona, andou (e continua andando) em vários picos da cidade, famosos e obscuros, e juntou tudo nesse vídeo, BCN Dayz. Aproveitamos também pra trocar uma ideia com ele pra saber mais sobre esses meses em Barcelona  e como foi filmar essa parte na pura força de vontade. Pig é ídolo!

 

introdução por Felipe Minozzi (Fel) / entrevista por Marcelo Mug

 

 

Antes de tudo, como você foi parar em Barcelona?

Um ano antes de ir, eu já conversava com a Xushine (Ligiane Xuxa) sobre ir pra lá, andar de skate, colocar as ideias em dia, produzir, sair um pouco dessa babilônia. Fiz um planejamento e cheguei nos meus patrocinadores com a ideia, consegui as passagens, uma ajuda de custo ali e tchau!

 

Pig_180ssfscrooks_ninalima_645pixels

180 switch frontside crooked. (Nina Lima)

 

De fora parece que Barcelona é uma gozolândia pra andar de skate mas, na real, você me falou que nem é, que tem até uma lei que proíbe o skate na cidade inteira. Explica melhor essa história e quantas multas você colecionou nessa temporada.

Gozolândia sempre foi e sempre será! Hahaha. Existe esse lance de proibição, sim. Muitas vezes você tá andando com uma galera em algum pico, passa o carro da polícia e todo mundo fica parado esperando pra poder continuar andando. A outra lei é dos velhos da cidade: os mais idosos, na maioria das vezes, acham ruim, ainda mais se for naquela praça que fica no meio dos prédios onde eles moram, até mesmo na rua. Mas só pra deixar claro: lá você anda de skate em qualquer lugar, qualquer hora, é muito tranquilo. É tão de boa que você só consegue perceber essas coisas depois de um bom tempo. Eu estava correndo das multas, mano, não por ter que pagar nem nada, ate porque não ia pagar mesmo, mas sim pela perda de tempo em ficar ouvindo o policial querendo passar “lições de moral” no país dele. Mas multa tatêno! Hahaha!

 

Pig_fsnosegrind_ninalima_645pixels

Frontside nosegrind. (Nina Lima)

 

E a lenda que pode andar pelado pela cidade mas não pode andar sem camiseta?
Vira e mexe você via uns caras metendo o louco peladão! Mas vai andar sem camiseta na rua… Logo vai colar um guarda em você pra falar que não pode.

 

Pig_fswallride_xuxinha_645pixels

Frontside wallride (Ligiane Xuxa)

 

Conta a história da vez que os guardas queriam levar os skates e as câmeras.
Porra mano, esse dia eu perguntei pro Damascena se ele podia me filmar. Colamos em um pico, perto da casa dele, mas já tinha uns caras filmando. Então pegamos a bike e saímos em direção a Cannyelles. Chegando lá, lembrei de um pico que já tinha colado uma vez e, na minha cabeça, era muito tranquilo, não ia incomodar ninguém. Andei um pouco, dei uma aquecida e tal… Quando menos esperávamos, colaram dois policiais de moto (um homem e uma mulher). O cara já chegou acelerando: “Cadê os documentos, cadê os documentos?!”. O Damascena deu o dele, eu falei que ia pegar na mochila, crente que eu estava com, pelo menos, o RG. Quando abri a mochila já pensei na hora: “Puta, mano, fudeu”. Tinha esquecido tudo em casa. Colei no policial e ele perguntou novamente. Falei que tinha esquecido em casa! Hahahaha! Ele não acreditava que fosse possível, e eu falei de novo que tinha esquecido. Mano, esse policial começou a dar uma canseira no Damascena; queria porque queria levar as câmeras e os skates de qualquer jeito, e o Damas escondendo a câmera nas costas, falando que não ia dar. Nessa hora, a policial feminina me chamou de canto, tentei explicar pra ela que ali na praça já tinha várias marcas de skate, que não sabíamos que era proibido, aquela coisa. Ela falou que aquilo tinha sido uma denúncia e, nesse caso, não tem como escapar. Eu já saí puto, estava sem documento e não me deram essa multa, mas o Damascena segurou no nome dele por nós dois. Acabaram não levando nossos equipamentos, mas tomamos essa multa aí como se fosse pra ir retirar os equipamentos apreendidos na delegacia. Uma multa de 75 euros, que se não fosse paga em cinco dias, subiria pra 300 euros. E acabou virando 300 euros! Hahaha!

 

Pig_fakiecrook_williandamascena_645pixels

Fakie crooked subindo. (Willian Damascena)

 

E como você se virou com grana, já que o “mercado de skate” praticamente não existe em Barcelona e é impossível viver de skate por lá?
Eu fazia trabalhos informais pra levantar uma grana. Não só eu, minha mina também. Eletricista, pintor, pedreiro, gesseiro, caseiro, passeava com dogs, vendia coisas na internet, cheguei até a gravar um comercial, mano! Eu “cursei e me formei” em todas essas profissões pelo YouTube. Melhor escola pra quem é um “sin papeles”. Não sei se é impossível viver do skate em Barcelona, o que eu senti quando fui pra lá é que, no final de tudo, o skate acaba sendo só mais um detalhe importante pra você. Pico tem de monte, de tudo quanto é forma: de ferro, de madeira, de mármore, de tudo, mano! Mas, no final, você só vai andar de skate porque você ama isso. Pelo menos eu, no tempo que fiquei lá, não pensava em viver do skate, mas viver o skate e a cidade, aproveitar o que estava sendo me dado. Me acostumei com essa ideia.

 

Pig_fsrockarrancandoxuxinha_645px

Rockão de front arrancando. (Ligiane Xuxa)

 

Rolou uma deprê quando você voltou pro Brasil?
Uma galera me pergunta isso. Eu não senti por causa do skate, não senti por causa dos picos, tanto faz! Skate lá, skate aqui, sempre vou andar. O que eu sinto falta mesmo é da liberdade, do direito de ir e vir, de poder caminhar até o final da rua e chegar na praia, das cervejas baratas, das pedaladas quilométricas de bike, sinto falta da Xuxa dando um salve da janela dela, chamando a gente pra colar com ela no mercado, comprar um vinho barato, sentar na praça pra trocar ideia e usar o wifi. Sinto falta do Mercadona, de poder colar com 20 euros e fazer a compra da semana pra casa, de pegar os cachorros que minha mina cuidava e levar pra dar um rolê com ela. Enfim, essas coisas.

 

Pig_bsnoseblunt_ninalima_645pixels

Backside noseblunt (Nina Lima)

 

Vamos falar da parte agora. Como foi todo o corre de filmar e editar?

Eu saí do Brasil achando que ia ser tudo fácil, que Barcelona é cheia dos picos que são minha cara, que isso e aquilo. Mano, eu colava nos picos e falava: “Caralho, como assim?”. Na primeira vez que fui no quarter do Fórum não consegui dar nada! Sai de lá até meio pá, tá ligado? Fora essa dos picos, cheguei lá e pensei: “E aí, quem vai me filmar? Fodeu!”. A minha maior sorte foi ter trombado o William Damascena e o Fagner Pereira. Não existiria nada de imagens, nada de vídeos, nada de corres sem esses dois caras! O Damascena era meu parceiro de pedalada atrás dos picos; não tem tempo ruim com o Damas, mano! A gente estava na sintonia ali; eu filmava ele, ele me filmava. Fora que eu colocava até minha mina pra filmar, fazer foto. Colocava a câmera no tripe, explicava o movimento e falava pra ela clicar naquela hora! Ela virou fotógrafa de skate em Barcelona! Só não falava pra ela filmar linha porque seria foda! Hahaha! Eu vi que quem estava comigo queria me ajudar, e o que eu pudesse fazer também, eu faria! O vídeo em si, como eu expliquei, não foi fácil fazer. Só quem estava lá pra entender o que eu tô falando, pra saber o quanto é difícil. Mas se fosse fácil também, qual seria a graça, né? Cheguei aqui com as imagens no HD pensando em alguém pra editar, bati a cabeça uns dias. Até que pensei: “Por que que eu mesmo não edito?”. Porra, já que o vídeo todo foi feito assim, já que foi tudo na força de vontade, porque não tentar aprender a editar? Foi o que eu fiz, Mugão. Peguei as imagens e eu mesmo editei.

 

Pig_fshurricane_ninalima_645pixels

Frontside hurricane no Fórum. (Nina Lima)

 

Podemos te considerar um videomaker agora então?
Hahaha! Lógico que não! Mas é louco aprender as coisas!

 

Pig_fsflip_mariomarques_645pixels

Flip de front na maior caixa de fósforo do mundo. (Mario Marques)

 

E a Shit? Tá ressurgindo das cinzas, agora que você tá de volta ao Brasil?
Shit is Back! Em breve o vídeo, em primeira mão aqui! Dario e Zekinha, juntos, fazendo o que sabem fazer de melhor: merda. Sons of Shit! Aguardem!

 

Pig_270bsnosepick_645pixels

270 backside nosepick. (Nina Lima)

 

Pra finalizar, quer mandar beijo pra quem?
Beijo pra minha mãe, minha mulher, pra Luli, Penélope, Xushine, Emy. Um salve aí pro mano Damas; sem palavras, meu tru! Pro Fagner, Dario, Zekinha, Groll, Homero, Xue, gangue da Black Media, AE gang e pra todos os meus amigos ai também. Só força!

 

Pig_retrato_645pixels

Share

22.05.2017 Future – Colagem Remix

Colagem é a série de curtas feitos pela Future, captando o que a equipe anda produzindo e por onde tem andado. Em 2016, foram quatro capítulos com participação de toda a equipe: Cezar Gordo, Bruno Aguero, J.N. Charles, Thiago Garcia, Fabio Brandão, Henrique Crobelatti, Guilherme Oliveira e Davi Theobaldo. Confira no Remix o que rolou de melhor, tudo sob a trilha do nosso mano Marcus Vinicius, a.k.a. Kamau.

 

Share

24.04.2017 Pedro Quintas

Um belo dia, o videomaker Marcelo Baker disse: “Black Media, eu filmei o Pedro Quintas durante apenas quatro dias e rendeu essa partezinha aqui, querem ver?”. Contemple o que Pedro, aos 14 anos de idade, com cerca de 2,27m de altura, conseguiu fazer em quatro dias. E tente imaginar o que ele ainda vai fazer em cima do skate.

 

Share

03.04.2017 Gian Naccarato – Maioridade Profissional

Gian Naccarato – Maioridade Profissional conta a história de um dos skatistas brasileiros mais completos, importantes e influentes do cenário nacional.

 

Produção de Plínio Higuti, Leo Reali e Raphael Mariano que nós temos o prazer de apresentar ao mundo aqui na Black Media.

 

Assista e compartilhe; conhecer a história é fundamental.

 

Share

06.03.2017 4Miga in Paris

Marcelo Amador, o Formiga, passou um mês inteiro filmando no inverno parisiense, com temperaturas que chegavam a -5ºC. O resultado é mais uma parte absurda de um dos profissionais mais cabreiros do Brasil (e do mundo), que soltamos agora em parceria com a Hocks! Ah, neném!

 

O vídeo foi filmado pelo Alex Brandão e editado pelo Samir Barcelos.

 

 

Também podemos considerar a parte com mais blusas de frio já feita por um brasileiro.

Share

03.08.2016 Radiação – Praça Roosevelt

Durante alguns meses, filmamos vários skatistas profissionais e amadores no pico com maior nível de radiação do skate brasileiro: a Praça Roosevelt. O resultado são esses 13 minutos de puro espancamento, mostrando a realidade do lugar.

 

Com vocês, Radiação – Praça Roosevelt.

 

Com Rodrigo TX, Vinicius Santos, Rafael Alves, Paulo Piquet, Pedro Volpi, Pedro Iti, Murilo Romão, Vitor Zekinha, Lehi Leite, Leo Fagundes, Kaue Cossa, Diego Korn, J.p. Dantas, Felipe Oliveira, Alexandre Calado, Thomas Henrique, Fernando Denti, Maninho, Leonardo Bodelazzi, Jean Spinosa, Léo Fernandes, Evandro Martins, Dwayne Fagundes, Marcelo Garcia, Daniel Marques, Henrique Crobelatti, Bruno Aguero, Gabriel Bila, Luiz Apelão, Felipe Felix, Samuel Jimmy e Carlos Ribeiro.

 

Share

12.07.2016 O Lixo do Xapa

Lucas Xaparral é um dos profissionais mais ativos do país, um dos que mais rende por aqui. Essa parte reúne um monte de coisa cabreira que ia pro lixo, que já foi rejeitada mais de uma vez, que ninguém queria usar, até o Berrics. Talvez essas manobras virassem post de Instagram, uma a uma. Junto com a Black Media e o Diogo Ramos (a.k.a. Gema), ele resolveu fazer uma parte com tudo isso, e valeu muito a pena.

 

Também fizemos um Black View com o Xapa pra falar sobre isso: como um material bom pode se perder e como a velocidade da internet pode afetar o skatista que tá no game atualmente. Leia a entrevista aqui.

 

Com vocês, O Lixo do Xapa.

 

 

Caso você não tenha nem lido o texto acima do vídeo, tem uma entrevista pra acompanhar essa “parte dos rejects”. Leia na íntegra aqui.

Share

04.03.2016 Iago Carrasco e Brandon Martins

Amigo que é amigo divide até video parte. Iago Carrasco e Brandon Martins protagonizam o primeiro Black Tapes de 2016 com uma parte totalmente filmada de VX 1000 lá pros lados dos Estados Unidos. Aperta o play que o bagulho é louco!

 

 

 

 

Share

27.03.2015 A Nova Saúde

A nova pista da Saúde já tem alguns meses de vida, e não há canto que não tenha sido espancado todos os dias. Nós registramos algumas. Saúde vive!

 

Share

18.07.2014 A Piscina de Caçapava

Um dos picos mais animais do Brasil, a enorme piscina do clube Jequitibá, em Caçapava, foi esvaziada para manutenção e, acredite você, a diretoria do clube liberou as sessões.

 

A gente colou um dia e voltou com as imagens pra você sentir o tamanho da encrenca. Pool session das braba!

 

 

E pra você que tá com vontade de andar no pico e não é sócio do clube, tá liberado se pagar. As informações abaixo valem até o clube encher a piscina de novo (não há data definidida ainda) e foram divulgadas pelos funcionários do Clube Recreativo Jequitibá no Facebook:

 

Horário das sessões:

 

SÁBADO DAS 10:00 ÀS 20:00 HORAS
DOMINGO DAS 10:00 ÀS 18:00 HORAS

 

ADULTO – Assinar termo de responsabilidade, preencher cadastro e pagar taxa de R$ 20,00 por dia.

 

CRIANÇA – Os pais deverão assinar termo de autorização e responsabilidade, preencher cadastro e pagar taxa de R$ 20,00 por dia.

 

Obrigatório uso de capacete e recomendado uso de joelheira e cotoveleira.

Share

07.02.2014 Leo Fagundes

Ele deixou sua cidade e família e veio para São Paulo para viver o sonho do skate. Depois de varias sessões, alguns ralados e muito perrengues vividos nas ruas da capital paulista, o potiguar Leo Fagundes apresenta sua v-ideo parte com as melhores imagens de dois anos de muito skateboard!

 

Obrigado a todos os videomakers envolvidos no vídeo & thanks a lot Orchid (especially Carter Kennedy) for letting us use the song!

 

Share

13.12.2013 Zion Crew na pista de Araçatuba

A recém construída (e perfeita) Pista de Araçatuba é atacada por todos os lados no último vídeo da série especial da Zion Tour.

 

 

Share

29.11.2013 Æ

Os boatos rondavam, mas ninguém esperava que um dia a pista das Águas Espraiadas iria acabar de fato. Mas acabou, e foi literalmente da noite pro dia.

 

Enquanto a nova pista não se concretiza, nós matamos a saudade da primeira e única Æ!

 

 

Share

31.10.2013 Drop Dead Skatepark

Tranque Guilherme Trakinas, Yuri Facchini e Filipe Ortiz na Drop Dead Skatepark e veja o resultado.

 

Sinistro, piá!

 

 

Share

01.08.2013 Skate Arena

Share