Black View - 09.05.2014 Zokreta e o Uni.Versus


É cada vez mais raro ver marcas investindo em vídeos grandes, aqueles que levam anos para se concretizarem, envolvem toda a equipe, lotam os HDs do videomaker e percorrem diversas cidades e países.

 

Para a nossa sorte, a Agacê está prestes a lançar o Uni.Versus, videozão que conta com os pesos pesados Fabio Cristiano, Akira Shiroma, Daniel Marques, Marcelo Garcia, João Miguel e Alexandre Cotinz, tudo sob a direção do videomaker mais sangue bom de todos os tempos, o excelentíssimo senhor Renato Badu, mais conhecido como Zokreta.

 

E foi exatamente com ele que nós fomos trocar uma ideia pra saber como foi todo o processo de filmagem, além de tentar arrancar alguma informação antes da première do vídeo, que acontece em São Paulo no próximo dia 13.

 

texto e entrevista por Marcelo Mug

 

Fabio Cristiano e Zocreta

 

 Fabio Cristiano e Zocreta. (Camilo Neres)

 

Qual a ideia do nome do vídeo? O que significa Uni.Versus e de quem partiu a ideia?

 

A ideia do Uni.Versus veio enquanto eu lia sobre a “teoria do multiverso”, que diz, com base em cálculos quânticos, existir infindáveis universos numa espécie de queijo quântico com bolhas que se formam e somem sem parar. O nosso universo seria um deles. Pensando nisso, cheguei no ponto que nós seres humanos estamos dentro deste raciocínio, pois cada um de nós tem consigo um universo (com suas cores, emoções, culturas e etc.). Uni (pensando em nossa unidade como indivíduo) e Versus (pensando na autenticidade de cada um como um universo). O nome foi dado pelo Igor Giroto que fez a direção de arte do projeto.

 

Agacê Crew

Agacê Crew. (Camilo Neres)

 

Desde quando vocês estão filmando e quais lugares vocês usaram como locação?

 

Começamos com o vídeo mais ou menos em julho, agosto de 2011. Captamos imagens durante uns dois anos e meio. Agora, com a edição e finalização, o projeto durou quase três anos! Os skatistas foram longe pensando em locações para gravar. No Brasil, temos São Paulo, Brasília, Goiás, Santa Catarina, Paraná, Manaus e Belo Horizonte. Fora do país temos Chile, Argentina, Espanha, França, Ucrânia, Japão, EUA e outros que não lembro.

 

Akira Shiroma

 

Akira estrupando as transições de Cubatão. Bs ollie one foot to disaster.

 

Teve alguma roubada ou situação foda que vocês passaram durante as filmagens?

 

Vou tentar resumir: estávamos em Maringá filmando por oito dias, e ficamos hospedados na casa de um amigo que o Rafael Gomes nos apresentou, que se chama Willian, Tá ligado?! No penúltimo dia, depois da sessão, saímos pra tomar umas e relaxar, pra no dia seguinte cair na estrada rumo a São Paulo. Todos se divertiram e nosso amigo Tá ligado?! tomou todas e mais umas. O detalhe é que fomos para Maringá com o carro do Fabio Cristiano, e nossa previsão de saída de Maringá era pras oito da manhã. Naquela manhã, o Willian, Ta ligado?!, por volta das sete horas, ainda em clima de boemia, pediu o carro do Fabio dizendo que iria na casa de sua namorada buscar o celular, que ele havia esquecido na noite anterior. O Fabio alertou: “Sairemos em uma hora, não demore!”.

 

Esperamos. Deu oito da manhã, nove, dez, onze e nada. Onze e meia, o Tá ligado?! chega em casa , sem carro! Ele havia batido e atravessado uma rotatória de uns 30 metros. O eixo dianteiro do carro quebrou no meio e os discos do freio se partiram em vários pedaços “e estão lá em casa comigo!” Hahaha! Agora, a melhor parte: quando o Tá ligado?! entrou na casa para dar a noticia do carro, ele estava com uma sacola com três latas de cerveja, seis cabides e três muffins! Não entendo até hoje como e porque esses itens apareceram! Hahahaha!

 

Zokreta na labuta

Zokreta na labuta. (Cauã Cisk)

 

O que podemos esperar do vídeo como um todo?

Uni.Versus.

 

Solta algum segredo aqui pra gente antes da première, pra dar aquela atiçada na galera?

 

Temos uma parte surpresa de um skatista nada convencional.

 

Pastinhas que valem ouro

Pastinhas que valem ouro. 

 

Como foi trabalhar com os irmãos Velloso?

 

Foi incrível. “Bonho e Bongo” são demais!

 

 

De todos os skatistas:

 

- quem foi o maior acumulador de imagens?

 

Daniel Marques, a.k.a. Cachoeira. Máquina de tricks!

 

- quem foi o mais preguiçoso?

 

Agacê é sem preguiça! Cochilou, cachimbo cai!

 

- quem surpreendeu de alguma forma?

 

Todos me surpreenderam de alguma forma.

 

- quem acertou mais vezes a câmera/lente com o skate?

Incrivelmente, a câmera teve apenas uma queda. Em compensação, o Cotinz me acertou várias vezes.

 

- quem foi o mais exigente e fez questão de filmar as manobras até sair do jeito que ele queria?

 

Todos são exigentes, mas acho que eu sou o mais chato.

 

Resuma o Uni.Versus em uma frase:

Uni.Versus. (ok, já esperávamos por essa)

 

Zokreta e Cotinz

Zokreta e o destruidor de lentes Cotinz. (Rafael Gomes)

 

TEASER UNI.VERSUS 1

 

 

TEASER UNI.VERSUS 2

 

 

Premières do Uni.Versus pelo Brasil:

 

SÃO PAULO – 13/05 – 20:00hs – MIS (Museu da Imagem e do Som)

 

SÃO PAULO – 16/05 – 20:00hs – CINE OLIDO

 

FLORIANÓPOLIS – 23/05 – 20:00hs – CINEMATECA CATARINENSE

 

BRASÍLIA – 30/05 – 20:00hs – MUSEU NACIONAL

 

BELO HORIZONTE – 06/06 – 22:00hs – CINE 104

Share